quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Vida...


Olhando para o céu...

Como está lindo!

Lembrei-me que dias atrás estava tudo cinza, tudo tinha perdido a cor, parece que não me encaixava em lugar nenhum. O mundo era alheio a mim. Ele estava estranho.

Mais tarde, veio uma constatação; Não era ele, era eu.

Quando o sentido e a tonalidade do que nos cerca se modifica é sinal que nós estamos modificados. São nossos sentimentos que guerreiam...

E em um momento de reflexão, percebemos que a vida é tão bela, cada mínimo movimento das folhas, da areia, o vôo dos pássaros... Tudo é muito perfeito, tudo é magnífico e não há mais coisas acinzentadas, ao contrário, tudo é divinamente colorido, tudo é demasiadamente saboroso...

As adversidades atravessam nossos caminhos, isso é normal; Faz parte de nosso crescimento, nosso aprendizado. E toda vez que olhamos para a vida, devemos rejubilar porque ainda estamos aqui, somos os afortunados que podemos desfrutar do olhar humano, do olhar da criança, podemos sentir o toque, ouvir a doce voz da mãe (em qualquer esfera), sentir o frescor da água e da brisa...

Todos nós sabemos o que acontece lá fora, todas as variadas formas de perda e sofrimento... Sentir a vida é uma maneira de ajudar nossos irmãos. Quanto mais olhamos a volta e encontramos motivos para nos alegrarmos, emanamos boas vibrações e sentimentos por aqueles que passam por momentos difíceis.

Valorizar a vida, o mundo, faz com que sejamos mais humanos e por conseqüência irradiamos luz, a mesma luz que ajudará a aclarar o dia de muitos outros.

Ouça uma música suave, sorria, fale com Deus, fale com as crianças, com quem ama, agradeça pelo dia, se alegre com o azul do céu, não se preocupe em demasia, aproveite o dia.



                                                                                                                                            Nivaldo Vital

Nenhum comentário: