sábado, 25 de julho de 2009

No olhar


Olhava o mundo através de uma janela. Via somente o que ela permitia. O horizonte foi suprimido. As gotas distoceram as imagens. Já não sabia distinguir o que via. Os dias estavam chuvosos, portanto, sempre uma visão prejudicada. Pouca luz, como caminhar sem tato? Como examinar o caminho sem poder ver corretamente? As mãos que se apresentavam, não poderia segurá-las, afinal de contas, não conhecia os rostos. Só. No mais profundo sentido da palavra. Como comunicar-se com uma face disforme ? Não tem o contato olho no olho... E o mesmo vale para quem olhava o outro lado... Tinham ou tem uma visão distorcida. Na vida, muitas vezes nos sentamos à frente de uma janela e permitimos que nosso horizonte seja limitado, permitimos que nossa visão fique confusa. E se nós estamos confusos, não podem nos ver da maneira como somos... Olharão para como se também estivessem à beira da janela toda molhada. Tua face, personalidade e caráter não são conhecidos. São apenas imaginados à maneira que se quer. As janelas devem permanecer abertas para uma visão clara; para a beleza da vida e do dia. As janelas e portas devem estar escancaradas para sermos o que somos,para sermos vistos de maneira correta, sem distorções. As portas devem estar abertas para que as mãos se apertem... Para que as mãos se segurem e se ajudem. Não permita que seus olhos sejam enganados, nem teu coração trancado...

Dedicado aos amigos...
Kathytha e Fer.

3 comentários:

O util do inutil disse...

Bom texto, interessante.

Vini e Carol disse...

Nosso caráter é o alheio que faz! Mesmo não podendo ser assim, mas sempre vai ser.
Uma pessoa de bom caráter para uns, pode ser um ser vergonha para outros, por mínimos detalhes, roupas, palavras, e etc.

O mundo está ai para quem quiser ver, é só acreditar e não deixar se enganar.

Muito legal seu texto!

Abraço.

Remo Yaconi Urrutia disse...

Olhando pela janela, vemos apenas aquilo que queremos ver...
Se não se quer ver a realidade, veremos apenas o que nos faz sentir bem...

Parabens pelo blog! o texto muito bom tambem!


__________________________________
Remo Yaconi Urrutia
http://remoyaconi.blogspot.com/
__________________________________